Logo do Museu para todos

Logo do Museu para todos

Programas Desenvolvidos

O Núcleo de Ação Educativa (NAE) está organizado em dois eixos que abrangem programas e linhas de ação desenvolvidas para atender diferentes públicos-alvo:

 

Programa de Atendimento ao Público Escolar e em Geral (Papeg)

O Papeg inclui programas e projetos dedicados aos públicos tradicionalmente recebidos pelos processos educativos, ou seja, escolares, professores e o denominado público em geral.

 

Visitas educativas

As visitas educativas buscam estabelecer relações de diálogo com os diversos públicos e promover ressignificação acerca das obras observadas pelos participantes dos grupos. Cada grupo é acompanhado por um educador da Pinacoteca, preparado para adequar sua prática a partir das características do público. A visita é orientada em torno de propostas de leitura de imagem das obras do acervo da Pinacoteca ou de algumas exposições temporárias, e também de ações nomeadas “propostas poéticas”, que visam tornar concretos aspectos cognitivos ou perceptivos tratados durante a visita, por meio de atividades lúdico-educativas. As visitas educativas estão disponíveis para grupos organizados sob agendamento prévio e, caso haja disponibilidade de educadores no momento, para públicos espontâneos, sem prévio agendamento. Para mais informações, acesse: visitas educativas.

 

Formação para professores

Os programas voltados à formação de professores são desenvolvidos com o objetivo de ampliar os canais de diálogo, oferecendo ações presenciais e virtuais, encontros e cursos de formação para professores das redes pública e privada, tendo como focos a arte, a educação, o patrimônio e o museu. Essas ações visam dar subsídios pedagógicos por meio da análise e do estudo de obras do acervo da Pinacoteca e de algumas de suas exposições temporárias, contribuindo para o desenvolvimento da autonomia de criação de projetos pedagógicos, incentivando o gosto pela frequência cultural e revelando a importância do patrimônio e da arte, como recursos potentes para gerar processos educativos no âmbito da cultura. Também são realizadas parcerias com outras instituições culturais, museus e prefeituras, ampliando as ações da Pinacoteca a todo o estado de São Paulo.

As publicações e os recursos de mediação destinados a educadores são desenvolvidos com o objetivo de aproximar a prática pedagógica cotidiana das ações educativas realizadas na Pinacoteca. Esses materiais de apoio à prática pedagógica contam com um conjunto de reproduções de imagens de obras do acervo da Pinacoteca e de exposições temporárias, organizadas com base em: propostas de análise, percepção e interpretação de obras de arte, comparativos temporais de épocas de produção das obras e biografias dos artistas, cronologia comparativa, além de propostas poéticas. Esses materiais são distribuídos gratuitamente a instituições educacionais e professores interessados. A retirada de materiais pode ser realizada às segundas e de quarta a sexta, das 10 às 17 horas, na sala do Núcleo de Ação Educativa, mediante apresentação de comprovante profissional. Para mais informações sobre este programa, contate: 3324-0941.

 

Clube dos Professores

O Clube dos Professores visa o atendimento preferencial aos professores que já frequentam nossas demais ações educativas. Esta ação possibilita interatividade constante com os professores, promovendo oportunidades de reflexão e desenvolvimento de projetos qualificados que, futuramente, formarão um grupo de estudos e estabelecerão um banco de projetos, associando a prática educativa formal aos conteúdos tratados pela Pinacoteca.

 

Pina_Dentro & Fora

O Pina_Dentro & Fora é um material produzido pelo Núcleo de Ação Educativa da Pinacoteca, em parceria com o láDaMata estúdio de criação e da Verde Oliva, para empréstimo à professores, e que tem por objetivo unir as ações educativas do museu e da escola a partir de temas fundamentais, articulando as práticas pedagógicas de ambas instituições.

Composto por quatro mochilas que tratam do eixo norteador “Identidade”, é destinado à professores em atuação de ensino fundamental I, fundamental II e ensino médio.

Para poder retirar a mochila por empréstimo o professor interessado deverá, primeiro, participar de um encontro de formação para uso do material, oferecido periodicamente pelo Núcleo de Ação Educativa da Pinacoteca. Acompanhe nossa programação para verificar a divulgação de novas datas.

 

Museus para Todos

O Museu para Todos é este espaço virtual alocado no site da Pinacoteca, com jogos, textos e materiais de apoio à prática pedagógica, cujas informações e atividades propostas estão baseadas nas ações desenvolvidas pelo Núcleo de Ação Educativa. Visa contribuir para a relação entre arte e educação e subsidiar a construção e o desenvolvimento de projetos em educação, tendo a arte, a cultura e o patrimônio como núcleos de articulação interdisciplinar. Nele é possível encontrar informações sobre visitas educativas e agendamento, materiais de apoio pedagógico disponíveis para download, acesso a jogos on-line, além de bancos de textos e links para referência de pesquisa, criando interatividade constante com educadores, promovendo oportunidades de reflexão.

 

Pinafamília

O Pinafamília tem como objetivos estimular a visita de famílias à Pinacoteca; favorecer o convívio familiar, por meio da fruição da arte, e estimular a visita a espaços culturais; desenvolver processos de aprendizagem em arte por meio de atividades lúdicas e participativas; favorecer a compreensão, por esse público, da importância do patrimônio e de sua preservação. Para mais informações sobre este programa, contate: 3324-0943.

 

Dispositivos para Autonomia de Visita (DAV)

Para o público em geral, visitante da Pinacoteca, o NAE desenvolve ações do programa Dispositivos para Autonomia de Visita (DAV), que visa incentivar a percepção, comparação, interpretação e reflexão sobre a arte, sem a participação de um educador do museu. Como parte deste programa, desenvolvemos: os guias de autovisita denominados “Para saber mais”, que trazem informações e questionamentos sobre as obras e exposições; a Educateca, um acervo de jogos que podem ser emprestados e utilizados para estimular um olhar atento e curioso às obras em exposição; etiquetas comentadas que contextualizam obras ou partes do edifício; e o painel “Vamos conversar?”, no qual os visitantes podem deixar seus recados para o museu.

Nas exposições “Arte no Brasil: uma História na Pinacoteca de São Paulo” e “Arte no Brasil: uma História na Pinacoteca de São Paulo. Galeria José e Paulina Nemirovsky – Arte Moderna”, na Pinacoteca, o NAE participa com a proposta Arte em Diálogo. Com base em eixos conceituais, obras de diferentes épocas foram selecionadas e inseridas nos percursos curatoriais, complementadas com textos que propõem questões para leitura de imagem e comparações entre temas, técnicas e significados. Na exposição “Arte no Brasil: uma História na Pinacoteca de São Paulo”, conta ainda com a Sala de Interpretação, onde o visitante é convidado a vivenciar aspectos da exposição e da história da Pinacoteca, por meio de jogos e de recursos táteis e participativos, além de ter a oportunidade de deixar seu depoimento em vídeo sobre suas memórias da exposição e do Museu.

 

Ações educativas em exposições temporárias

Para cada exposição temporária, apresentada pela Pinacoteca, são avaliadas as oportunidades de inserção de ações educativas. Estas podem variar desde a construção de equipes satélite, para atendimento de grupos escolares e em geral, cursos e materiais de apoio pedagógico a professores, até ações mais experimentais, dependendo dos conceitos tratados pelo artista e pela curadoria, presentes nas obras ou nos contextos e momentos nos quais a exposição se insere.

 

 

Programas Educativos Inclusivos (PEI)

Os PEI abrangem os programas inclusivos, dedicados ao chamado “não público” do museu, aqueles que não costumam frequentar espontaneamente a instituição.

 

Programa Educativo para Públicos Especiais (PEPE)

Este programa busca promover o acesso de grupos de pessoas com deficiências sensoriais, físicas, intelectuais e transtornos mentais à Pinacoteca, por meio de uma série de abordagens e recursos multissensoriais. As visitas educativas são realizadas por educadores especializados, inclusive em Libras – Língua Brasileira de Sinais, por uma educadora surda. O PEPE também realiza cursos de formação para profissionais interessados em usar a arte e o patrimônio como recursos inclusivos e desenvolve publicações para o público deficiente visual e auditivo. Para garantir a autonomia de visitação ao público com deficiência visual, foi desenvolvida a Galeria Tátil de Esculturas Brasileiras e um videoguia para o público surdo. Para mais informações sobre este programa, contate: 3324-0945 ou pelo e-mail educaespecial@pinacoteca.org.br.

 

Programa de Inclusão Sociocultural (PISC)

O objetivo deste programa é promover o acesso qualificado aos bens culturais, presentes no museu, a grupos em situação de vulnerabilidade social, com pouco ou nenhum contato com instituições oficiais de cultura. O PISC desenvolve parcerias com organizações sociais e realiza visitas continuadas à Pinacoteca, orientadas por perfil e demanda de cada grupo, em consonância com os processos educativos da instituição de origem. São promovidos, também, cursos de formação e publicações para educadores sociais. Além disso, desenvolve a Ação Educativa Extramuros com grupos de adultos em situação de rua, por meio de oficinas de gravura e criação de texto, combinadas com visitas continuadas ao museu. Este projeto gerou publicações e exposições das obras produzidas pelos participantes. Mais recentemente, o PISC deu início à ação Comunidade e Museu, um projeto de educação patrimonial com grupos comunitários da cidade. Para mais informações sobre este programa, contate: 3324-0942 ou pelo e-mail educainclusiva@pinacoteca.org.br.

 Programa Meu Museu

Tem como objetivo promover visitas educativas à Pinacoteca para grupos de idosos, compostos de pessoas com 60 anos ou mais. Entre suas ações está o estabelecimento de parcerias com instituições de atendimento e atenção ao idoso, bem como a promoção de cursos de formação a profissionais que trabalham com essa faixa etária, preparando-os para uma atuação mais qualificada no contato com a arte, a cultura e o patrimônio, além da promoção de atividades de criação expressiva com os idosos visitantes. Para mais informações sobre este programa, contate: 3324-0941 ou pelo e-mail meumuseu@pinacoteca.org.br.

Programa Consciência Funcional

Dirigido à formação continuada e à integração dos funcionários da Pinacoteca, este programa é voltado prioritariamente aos profissionais do atendimento ao público (atendentes e recepcionistas), à equipe de manutenção e aos prestadores de serviço (equipes de segurança e limpeza). Organizado em vários módulos e atividades, começa por apresentar as atividades técnicas do museu e avança para discutir questões relacionadas à recepção do público, ao patrimônio e à função social do museu. Além disso, organiza visitas educativas às exposições temporárias da Pinacoteca para os funcionários, produz materiais informativos sobre elas e promove formações técnicas e experimentações plásticas. Para mais informações sobre o programa, contate: 3324-0941 ou pelo e-mail conscienciafuncional@pinacoteca.org.br.

 

 

Educação na roda

Rodas de conversa sobre aspectos da educação museal promovidas pelo Núcleo de Ação Educativa (NAE) da Pinacoteca de São Paulo, abertas ao público em geral.

A cada um desses encontros bimestrais, será abordado um tema e público-alvo com os quais o NAE desenvolve ações continuadas, de forma a refletir coletivamente sobre os desafios e potencialidades do trabalho educativo em museus.

Os encontros acontecem no  Espaço NAE (térreo, Pinacoteca Luz), das 14h às 16h30. São 30 vagas preenchidas por ordem de chegada, não sendo necessária inscrição prévia. Veja mais informações na nossa programação.

 

Temas das rodas de conversa de 2018:

 

31/08 – Atividades para grupos de famílias

26/10 – Ações com pessoas que fazem uso problemático de drogas

30/11 – Formação continuada de funcionários de museus